quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Santa Rita de Cássia - Protetora dos Casos Desesperadores



Santa Rita de Cassia Festa 22 de maio

Santa Rita nasceu em Rocca Porena perto de Spoleto, Itália em 1381 e expressou bem cedo o desejo de ser freira. Seus parentes já idosos insistiram para que ela se casasse com a idade de doze anos com um homem descrito como sendo um homem cruel e rude. Ela passou 18 anos extremamente infeliz, teve dois filhos e finalmente ficou viúva quando o seu marido foi morto numa briga. Ambos os filhos logo morreram e Rita tentou sem sucesso entrar para o convento agostiniano que havia em Cascia. Ela foi recusada porque pelas regras do convento só se aceitavam virgens.
Mas Rita continuou a rezar e a pedir, e uma noite ela foi milagrosamente transportada para dentro do convento com todas as suas enormes portas fechadas e trancadas. Quando as irmãs a viram lá dentro, decidiram que era desejo de Deus que ela fosse aceita e assim em 1413 ela entrou para o Ordem e logo ganhou fama pela sua austeridade, devoção, oração e caridade.
No ano seguinte, ocorreu outro milagre. Havia lhe ordenado a Superiora, em nome da obediência, que regasse todos os dias um pé seco de uva, mas em um ano, já daquele ramo morto brotaram cachos de uvas abundantes e saborosas. E a videira, apesar de velha, de vários séculos, ainda hoje está viçosa.
Certo dia ela recebeu visões e teve ferimentos na testa que pareciam uma coroa de espinhos que seria uma estigmata (provavelmente um dos estigmas de Cristo).
Os ferimentos melhoraram de modo a permitir que ele fosse a Roma numa peregrinação em 1450, mas reapareceu logo que ela retornou e com ela ficaram até a sua morte.
Pouco antes de morrer, uma visitante, sua parente, perguntou se queria algo e ela pediu que lhe trouxessem rosas de sua terra natal. "Impossível" disse a parente "agora é pleno inverno". Santa Rita respondeu : " Vá e encontrarás o que peço".
Ao chegar a parente, em Rocca Porena, no jardim em frente a sua casa, havia no meio da neve, uma bela roseira com lindas flores de onde colheu as rosas que Santa Rita havia pedido.
Ao falecer outro milagre. Os sinos do mosteiro repicavam milagrosamente sozinhos sem alguém por perto a tocar. Segundo a tradição seu corpo estaria incorrupto até a presente data. Ela morreu em 22 de março em Cascia e muitos milagres foram relatados como sendo devido a sua invocação e intercessão. Foi canonizada em 1900. Ela é venerada na Espanha, Estados Unidos, França, Portugal e em outros países como sendo a "santa das causas impossíveis".
No Brasil, ela é a padroeira das causas impossíveis junto com São Judas Thadeu.
Na arte litúrgica da Igreja ela é mostrada com uma freira orando diante de um crucifixo, ou com uma coroa de espinhos, ou recebendo uma coroa de rosas da Virgem Maria, ou recebendo uma coroa de espinhos dos santos. O seu emblema são as rosas. E em alguns locais as rosas são bentas no dia de sua festa.
É protetora contra a esterilidade, e infertilidade, das causas impossíveis, das viúvas, mães e esposas que sofrem maus tratos e crise no casamento.
Ela é considerada a mais popular das santas segundo uma pesquisa feita por um instituto de pesquisa italiano.

Oração a Santa Rita de Cássia

Ó Santa Rita de Cássia, não me quereis ajudar e consolar? Quereis afastar o vosso olhar e a vossa piedade do meu coração tão provado pela dor? Também vós, minha querida Santa, sabeis o que é o Martírio do Coração, pelas dores atrozes que sofrestes, pelas lágrimas que santamente derramastes. Ah! Vinde em meu auxílio, falai, rezai, intercedei por mim que não ouso fazê-lo junto ao Coração de Deus, Pai de Misericórdia e Fonte de toda Consolação. Alcançai--me a graça que tanto desejo e necessito:(fazer o pedido). Apresentada por Vós que sois tão cara a Deus, a minha prece será certamente atendida. Dizei ao Senhor, que esta graça servi-me-á para melhorar minha vida e os meus hábitos e proclamar na Terra e no Céu a Misericórdia Divina.

Um comentário:

MADE IN BRAZIL disse...

Tenha muita fé em Santa Rita de Cássia...É muito bom ter um pouco mais de conhecimento sobre ela...Parabéns pelo blog...E que nos proteja...Abraços